Curiosidades sobre pisos para beira de piscina ou hidromassagem

O estilo mais comum de piso para piscina que se encontra no mercado é o deck de madeira, porém ele pode ser feito com outros materiais, como o PVC, material de plástico resistente, sustentável e com durabilidade.

O deck de PVC imita a madeira, por exemplo, e costuma apresentar excelentes resultados quando o assunto é durabilidade (10 e 30 anos), uma duração superior aos outros materiais.

Este produto não requer muita manutenção, especialmente o modelo piso antiderrapante devido aos seus frisos, com texturas e tonalidades diferenciadas.

Este produto não aquece, mesmo com a intensidade dos raios solares. Já na limpeza, é um procedimento rápido e simples, pois faz uso somente de sabão neutro e água.

Existe deck de bambu e madeira ecológica, um material com impacto ambiental menor que a madeira, devido sua fibra se torna muito resistente e também podem aderir frisos, deixando seu piso antiderrapante.

A madeira de plástico é um composto de 10% de serragem de madeira e 90% de plástico reciclado, antiderrapante, superfície rugosa e ideal para áreas externas.

Todos esses tipos de deck apresentam a aparência de madeira natural, mas ainda sim, no momento de adquirir um deck, recomenda-se a pesquisa, pois somente deste modo é possível receber toda orientação necessária.

Porcelanato para piscina: conheça suas vantagens e desvantagens

Outro revestimento que combina com essas áreas úmidas é o Piso porcelanato para deck de piscina. Esse material é de custo-baixo, e ainda oferece uma grande variedade de modelos.

O tipo acetinado, fosco, frio e fácil de limpar, apresenta mais resistência que o tipo polido e não tem chance de riscar, sofrer arranhões ou manchas com facilidade.

São indicados para alguns locais como:

  • Banheiro;
  • Áreas gourmet;
  • Salões de festas;
  • Garagens.

O tipo rústico é usado em ambientes internos, no entanto, é mais recomendado para ser utilizado em áreas externos como: lavanderia, varandas, jardins, entre outros. Também é um piso antiderrapante.

O modelo polido, é mais sofisticado que os outros e também é mais brilhante, liso e de estética requintada. Usa-se em cozinhas, salas, quarto, entro outros ambientes. Contudo, é escorregadio e fácil de riscar.

Para manutenção simples e prática, recomenda-se a visita em lojas especializadas, pois são muitos os produtos que podem aumentar a durabilidade e a eficiência da limpeza.

Embora tenha tipos diferentes vantagens, o material também possui suas desvantagens. Ele é mais caro que a cerâmica e precisa de mão-de-obra especializada para instalá-lo.

Precisa ser escolhido de forma correta, pois, do contrário, tornam-se escorregadios. Por isso, para áreas de piscinas e hidromassagem o ideal é o tipo rústico.

O piso tipo frio pode ter um ponto negativo em áreas que precisam ser aconchegantes, como quartos e salas de estar. No momento de comprar, estude todas as possibilidades e pergunte ao profissional para ajudá-lo no momento da escolha.

Clássico: deck de madeira

Madeira é sinônimo de conforto e aconchego, mas também de elegância, especialmente em revestimentos em solos irregulares ou virgem em volta de piscinas e hidromassagem.

madeira para deck também pode ser fabricada com material de reflorestamento ou sintético.

Existem dois modelos de dec, e são eles: modular, podendo ter a sua feita de borracha em sua estrutura e tem o encaixe de macho-fêmea ou o mini deck, uma peça pré-pronta que vem com painéis e réguas de madeira.

São usados tanto para o lado interno como externo. Sua instalação é simplificada e não é exige a contratação de profissionais, resultando em redução de custos.

O deck de madeira tradicional requer mão-de-obra para sua instalação. Ela é similar com o Instalar de assoalho em madeira, pois as madeiras são peças únicas e separadas, tornando a montagem mais complicada.

Normalmente, as madeiras são nobres: Ipê, Itaúba e Jatobá. Estas podem oferecer algumas vantagens, como: montagem rápida, conforto visual, sofisticação e custa baixo em relação aos pisos cimentícios atérmicos.

Para reforçar a resistência da peça é preciso uma Pintura para deck de piscina com verniz ou stain, com raspagem e aplicação do produto novamente.

Esses produtos não saem na água e, a segunda opção de verniz, bloqueia fungos e raios ultravioletas, fácil de ser absorvido pela madeira, aumentando resistência. Procure um especialista para saber mais sobre os decks e escolha a melhor opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *