Já conhece todas as funcionalidades de uma desempenadeira

A desempenadeira na construção civil possui diversos usos, uma vez que todos eles são relativos aos seus tipos, alguns são de caráter específico e outros de caráter múltiplo.

Em tese, de acordo com o dicionário civil, trata-se de uma ferramenta retangular utilizada pelo pedreiro em uma construção, com o objetivo de alisar, plainar e alinhar a superfície da argamassa aplicada. Pode ser usada também para realizar riscaduras ou fendas na argamassa, para que se possa fazer a aplicação de placas de revestimento.

Conhecida também como “desemboladeira” ou “desempoladeira”, é um objeto feito para ser manuseado sem intermédio de outras ferramentas, possuindo, para isso, uma alça central. Pode ser fabricado a partir de materiais como o plástico, a madeira ou o metal.

É de grande importância fazer a escolha certa da desempenadeira a ser utilizada e designá-la à função cabível, ao que foi determinada no seu processo de fabricação. Usá-la de maneira apropriada, garante uma camada de argamassa colante análoga e contínua à cada tipo específico de assentamento, trazendo assim, maior facilidade no momento de ajustar a cerâmica, sobre a base na qual será inserida.

A desempenadeira varia em matéria, como foi dito, em formato, em tamanho e, também, em espessura. Nas subcategorias seguintes, podem-se avaliar as referentes variações em função de determinadas necessidades.

Desempenadeira para gesso

A desempenadeira para gesso é majoritariamente fabricada em aço ou em plástico poliestireno e pertence à categoria de desempenadeiras lisas. Esta categoria é a mais simples, usada em revestimentos com massa grossa (ou fina) em superfícies, em preparos de massa e acabamentos lineares. A categoria lisa é designada ao gesso e à aplicação de rejunte, devido à sua facilidade em remover partículas através de sua base alveolar.

Desempenadeiras para gesso de PVC

A largura da desempenadeira de aplicar gesso, em geral, mantém um padrão de 12cm, enquanto o comprimento varia dependendo do referido uso. Dentro da categoria plástica, há subcategorias de derivações do plástico, onde o mesmo material pode ser feito com PVC, por exemplo, é o caso da desempenadeira para gesso liso PVC. Esta é, também, utilizada na criação de texturização para superfícies, onde uma de tamanho grande é responsável por riscar e criar efeito, enquanto uma pequena se encarrega de pequenos acabamentos em cantos e requadros.

Desempenadeira para grafiato

Neste tema de desempenadeira para grafiato, abrigam-se somente as desempenadeiras de plástico, tanto de poliestireno quanto a de PVC. Geralmente em cor branca, para que não manche o efeito do grafiato em acabamentos claros e em base rugosa, que arrasta os grânulos, formando ranhuras decorativas em relevos alternados.

A desempenadeira Castor para grafiato, é a única que além de todos os fatores mencionados, possui “bordas viradas” que facilitam a criação do design e da textura, dando um acabamento mais natural e sofisticado e também, impedem o acúmulo de massa na ferramenta. Na embalagem da Castor, constam instruções didáticas sobre o uso da ferramenta e dicas sobre decorações, assim, o usuário pode abstrair e desenvolver um trabalho criativo.

Desempenadeira dentada

A respeito da desempenadeira dentada, como o próprio nome sugere, esta possui “dentes” relativamente espaçados em um dos lados, o mais comprido, característica que permite, entre outros, o preparo do material que será usado, ou seja, a mistura da massa. Essa mesma ferramenta é adequada no assentamento de grandes placas para piso. Quando as peças possuem grandes formatos, é recomendado o uso de uma desempenadeira dentada 10mm, o que isenta a necessidade de se utilizar uma dupla camada de argamassa colante em ambos, verso e base da placa.

Os formatos dos dentes de uma desempenadeira desta categoria, dependem do uso e do tamanho da cerâmica que será trabalhada. Estes podem ser quadrados (para misturas e cerâmicas pequenas), semicirculares (dentadas de 10mm) ou arredondados (formato em U). Os arredondados correspondem às superdentadas, utilizadas especificamente para o assentamento de porcelanatos e grés.

Zelar pela qualidade do acabamento de um projeto é essencial na construção civil, este é responsável pela composição harmoniosa do ambiente e pela satisfação das pessoas que frequentarão o local. O gesso cuida da higienização e proteção das paredes contra a ação do tempo, enquanto a pintura cuida da estética. Para o bom desempenho de ambos, é necessário ter conhecimento sobre o uso correto dos materiais e ter clareza sobre suas funções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *