Materiais pesquisados para locação em obras

Uma vez que diferentes etapas estão envolvidas nas obras, é comum que recursos variados sejam aplicados para a sua execução.

Neste cenário, uma prática muito requisitada é a locação de tais recursos, já que para alguns casos, pode ser algo mais viável para as construtoras.

No entanto, para que de fato seja favorável, é preciso que algumas questões sejam analisadas, tais como:

  • Custos de manutenção;
  • Depreciação;
  • Armazenamento;
  • Período de uso;
  • Versatilidade.

Com a averiguação de pontos como esses, será possível identificar o quão positiva a locação pode se tornar, pois entre os benefícios que são alcançados, podem estar a redução de custos, assessoria técnica, melhora na produtividade e possibilidade de selecionar opções modernas.

Um exemplo é o aluguel de rompedor, que pode corresponder a diferentes máquinas, uma vez que os rompedores são disponibilizados em tamanhos e recursos variados.

No caso do martelete rompedor pneumático, sua versatilidade é uma das características de maior destaque. Trata-se de um equipamento utilizado para romper e perfurar cerâmica e concreto em construções de diversos portes.

Já o seu funcionamento, ocorre por meio da compressão de ar que é emitida de maneira indireta para a broca, o que resulta em uma produtividade mais notável.

Já o rompedor hidráulico é amplamente utilizado em demolições mecanizadas, sendo acoplado em uma escavadeira hidraulica que realiza o içamento deste item.

Dessa forma, o trabalho pode ser realizado de maneira mais eficiente e com riscos minimizados. Para escolher o tipo de rompedor ideal, é preciso analisar a força e frequência do impacto, em especial, para alcançar condições favoráveis do trabalho.

Outras questões também devem ser consideradas neste contexto, como o tipo de material que será trabalhado, o prazo estabelecido para a execução, entre outros atributos importantes que envolvam a atividade a ser realizada.

A máquina portadora, se for necessária, também deve ser selecionada com cautela para garantir estabilidade na execução.

O que é pá carregadeira?

A pa carregadeira é um equipamento amplamente utilizado na construção civil e assim como o rompedor, a procura por aluguel de pá carregadeira preço é alta.

Basicamente, esse item consiste em um trator que dispõe de uma pá na frente e por esse motivo, é visado especialmente para o carregamento de materiais, otimizando o tempo nas construções.

Existem dois tipos principais, a sobre rodas e a de esteiras. O primeiro caso é muito empregado para atender operações de terraplanagem, enquanto o segundo é ideal para escavações e demolições.

O principal impacto causado pelas divergências na estrutura, é que a pá carregadeira com esteiras podem ser utilizadas em diferentes solos, pois a esteira estabelece uma grande área de contato com o terreno e uma melhor aderência.

Já na opção com rodas, é indispensável que o local apresente firmeza e esteja seco, caso contrário, o cenário apresenta um grande risco para o tombamento da máquina.

Ainda mais, essas alternativas podem ou não ser articuladas e atendem também atividades que exigem a circulação em solos pavimentados, como em vias e pátios. No entanto, atividades em terrenos com resíduos devem ser evitadas, pela possibilidade de danos aos pneus.

O uso de EPI

Quando se trata da construção civil, o uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual) tem grande significado, pois diversas atividades podem representar riscos para a saúde e integridade dos profissionais.

É de responsabilidade do empregador que os equipamentos de proteção sejam disponibilizados para os colaboradores em boas condições.

Por essa razão, uma análise dos riscos ocupacionais também tem grande importância, pois viabiliza um melhor controle da situação.

Há diversas normas que abrangem a segurança do trabalho e o uso de equipamentos de segurança, como a NR 6, que aborda o fornecimento gratuito aos trabalhadores.

Além disso, se deve garantir que os colaboradores utilizem os equipamentos no decorrer de todo o expediente do serviço, de acordo com as diretrizes estabelecidas pela organização.

Os equipamentos são variados, visando a proteção auditiva, respiratória, membros inferiores, superiores, entre outros aspectos.

Os modelos variam e por esse motivo é preciso escolher com cautela, por exemplo, a bota de segurança, pode ser de couro ou borracha.

Algumas são ideais para a proteção contra quedas e perfurações, já outras, podem proteger contra o ataque de animais ou produtos químicos.

De qualquer maneira, seja na locação desses equipamentos ou dos outros elementos apresentados ao longo do texto, é fundamental que a segurança seja sempre uma prioridade e deve acompanhar os processos de aluguel.

Afinal, acidentes em obras muitas vezes podem ser fatais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *