5 dicas de gestão para construção

Gestão é um dos processos mais importantes em qualquer setor. A gestão de uma obra, é o que garante que todas as partes do planejamento serão efetuadas devidamente.

Desde o projeto, até a execução e à conclusão, onde se podem ver os resultados. O gestor de uma obra é o responsável por monitorá-la.

Confira as dicas para construção civil

De maneira que a obra possa ser entregue no prazo correto e cumprindo com os devidos fins. Faz parte do serviço do gestor, também, detectar erros sistematizados.

Além de falhas de produção e processos ineficientes, trazendo sempre agilidade e otimização para os processos da obra. Os fatores primordiais a serem observados em qualquer obra, independente do porte, são:

  • Funcionários;
  • Ferramentas;
  • Material;
  • Maquinário;
  • EPI;

1- Equipe de confiança

Tenha sempre uma equipe qualificada. Manter funcionários de confiança, que fazem o trabalho corretamente, é um esforço que deve ser feito, pois vale a pena.

Conhecer a equipe, ajuda o gestor a ter precisão no planejamento, além de evitar contratempos com falta de contingente.

Reconhecer a sua equipe é fundamental, caso você queira mantê-la. Ter uma boa equipe é grande parte do trabalho, pois essas são as pessoas que estarão executando as tarefas.

2- Evitar desperdícios

Evite o desperdício na faixa adequada. Em obras de construção civil, há sempre uma margem para quebras e desperdício de material. De fato, é praticamente impossível reger uma obra sem nenhum bloco, lajota ou azulejo quebrado.

Porém, o correto é manter essa taxa sempre no número mais baixo possível, de maneira que o orçamento não aumente e que a geração de resíduos seja controlada.

3 – Equipamentos corretos

O porte da obra, a altura do andar, o número de empregados, tudo isso conta na hora de escolher os equipamentos adequados.

Essas características serão determinantes na decisão entre usar um andaime suspenso de ativação manual ou um andaime suspenso elétrico, por exemplo.

Para cada tipo de caso, existe um maquinário adequado e trabalhar com equipamentos adequados pode acelerar a obra e, inclusive, evitar acidentes.

4- aluguéis de equipamentos

Em muitos casos, o equipamento ou maquinário necessário para a obra, pode ser alugado. Esse aluguel pode ser tanto para curtos períodos de tempo, como um dia, quanto para longos períodos, como meses.

Alugar equipamentos, como o auto transformador ou uma empilhadeira elétrica tracionária, pode ser uma boa alternativa para o gestor.

Deve-se levar em consideração que, ao alugar equipamentos, os custos com manutenção e armazenamento do material são descartados.

Uma vez que isso passa a ser responsabilidade da locadora. É uma alternativa segura, que pode trazer grandes benefícios.

5- Estipule um prazo com coerência

É de extrema importância não quebrar um prazo estipulado. Por isso, quando solicitado, o prazo deve ser bem pensado e com alguma folga para imprevistos, comuns em construções.

A prevenção

Por fim, é importante ter planos de contingência em caso de situações inesperadas como, por exemplo, um auto transformador 5000va, para casos de voltagens diferentes, ou uma empilhadeira elétrica para facilitar o trabalho que se segue.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *