Construção: dos equipamentos até ações de manutenção

Construção

Para que a construção de um prédio ou casa ocorra, é necessário desenvolver estratégias de construção civil, contando com uma equipe técnica e especializada.

Quando existe a intenção de realizar uma construção, um engenheiro civil e arquiteto são contratados para a elaboração do projeto.

Essa elaboração contribuirá para nortear as etapas que serão desenvolvidas na construção e que podem auxiliar a equipe que estará no dia a dia da obra.

Nesse processo, existem atividades que podem ser facilitadas por meio do uso de equipamentos, como é o caso da utilização de andaimes, caminhão guindauto, furadeiras, compressor de ar e até mesmo as empilhadeiras.

Diante da importância que os equipamentos possuem para a realização de obras, neste artigo, traremos como exemplos alguns desses materiais e como é possível utilizá-los na construção civil.

Portanto, não deixe de conferir mais informações no decorrer do artigo.

A locação dos equipamentos em uma construção

A ação de locar equipamentos para as atividades da construção civil é um fato bastante comum nos canteiros de obras.

Isso porque contar com o auxílio das máquinas para as atividades traz diversos benefícios para as construtoras e funcionários como:

  • Redução de gastos na compra e manutenção de equipamentos;
  • Realização de tarefas de forma mais rápida e ágil;
  • Menor chances de acidentes no local de trabalho;
  • A obra pode ser entregue antes do prazo, porém, com qualidade.

Diante das vantagens de contar com esses equipamentos, a locação é uma atividade comum exatamente porque é mais viável financeiramente do que a compra do produto.

Mas, quais equipamentos podem ser locados? E é aí que um mundo de opções e possibilidades para o construtor se abrem.

De empilhadeiras até as paleteiras

Em uma construção, o uso de empilhadeiras é comum quando o assunto diz respeito ao deslocamento de produtos e elementos em uma obra.

Para cada tipo de ação, existe um modelo de empilhadeira e por isso, antes de realizar o aluguel de empilhadeira é importante conferir qual é o melhor modelo a depender da sua obra, tipo de terreno e desníveis.

Por exemplo, dentre os principais modelos de empilhadeira, podemos destacar:

  • Modelo à gás;
  • Com deslocamento manual;
  • Moledo à energia elétrica;
  • Com o uso de combustível (diesel).

Esses são apenas alguns dos modelos de empilhadeiras que podem estar disponíveis para a locação em sua obra.

Para buscar outros modelos de empilhadeiras locação e até mesmo obter mais informações acerca do orçamento é fundamental consultar empresas que são especializadas nesse segmento, verificando locais que tenham credibilidade no mercado e que ofereçam um produto de qualidade para o cliente.

Além das empilhadeiras, que requerem a presença de um profissional habilitado para o deslocamento da mesma, a locação de paleteira também é bastante comum.

Esse tipo de material, geralmente, é manual, e diz respeito ao deslocamento de cargas menores, em um aspecto horizontal (sem envolver alturas ou grandes ações de periculosidade).

Nas indústrias ou empresas, o uso de uma paleteira é comum em grandes centros de estoque e de logística, contribuindo para a organização das peças.

O mesmo ocorre quando falamos sobre a locação de transpalete manual, que é um modelo de paleteira manual, só que geralmente utilizando duas rodas duplas na parte frontal do equipamento e tendo um porte menor e com facilidade no deslocamento.

A manutenção de um prédio no pós-obra

E se engana quem pensa que basta construir para finalizar o “trabalho”. Lidar com um prédio ou casa requer também lidar com ações de manutenção preventiva e corretiva.

Essas ações são importantes porque visam agregar segurança e qualidade de vida aos moradores e pessoas que trabalham nesse local.

Por isso, um dos aspectos de manutenção que merecem destaque e atenção é a manutenção rompedor (sobretudo, dos rompedores da parte hidráulica de um imóvel, que é composto por peças que estão sujeitas a sofrer um grande desgaste).

Vários elementos e variáveis podem causar um desgaste em um rompedor da parte hidráulica, podendo ocasionar diversas falhas, como vazamentos.

Por isso, realizar a manutenção desse equipamento com alguns kits que fazem parte da manutenção preventiva é fundamental. Geralmente, esses kits já vem com alguns elementos que geralmente sofrem maior desgaste, para que esse reparo seja muito prático.

Outra dica é realizar a manutenção, instalação e revisão de um projeto de alarme de incendio, que consiga transmitir sinais sonoros alertando os moradores no caso de um princípio de incêndio.

Portanto, é fundamental que o local contenha também equipamentos como extintores, escadas sinalizadas e saídas de emergência, assim como os detectores de fumaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *