Opções de pisos de madeira que você precisa conhecer

Conhecida por sua nobreza e estilo, a madeira sempre fez parte de ambientes aconchegantes, modernos e rústicos. São conhecidos por serem bem resistentes, o que o torna ainda mais versátil que os outros tipos.

O piso de madeira nunca saiu de cena e sempre são compostos de forma elegante em ambientes diferentes, como cozinhas, salas, quartos e até banheiros.

Conheça o piso mais adequado para o que precisa

Os pisos podem ficar bem elegantes, se utilizado um piso de madeira claro, por exemplo. Os tipos de madeira podem variar.

E atender ao estilo de cada pessoa. Dessa forma, saiba quais os tipos de piso de madeira mais comuns.

1. Piso parquet

Tipo constituído completamente por madeira e que se apresentam em pequenas peças maciças, medindo entre 24 cm por 24 cm e 48 cm por 48 cm.

Que juntas, podem formar desenhos geométricos bem interessantes e charmosos. Compõem também a mescla de tipos de madeira diferentes.

2 Piso taco

Piso de madeira taco também é uma peça de madeira maciça, que mede uns 7 cm x 14 cm até 10 x 40 cm.

Com estilos que variam entre escama de peixe, reto, jogo de dama e o tijolinho. As madeiras mais comuns são o jatobá, cumaru, perobinha, ipê e o pau marfim.

Sobre o assoalho cru e nivelado, os tacos são instalados um por um, com o auxílio da cola de PVC e sua secagem pode durar até 30 dias.

3. Piso de madeira maciça

Foram muito usados nas construções mais antigas do século passado, porém ainda são os favoritos. São peças de madeira bem grandes e maciças, por isso, sua durabilidade é maior e a manutenção é menos trabalhosa.

4. Piso laminado

Este tipo de piso é formado por lâminas de madeira compensada e que podem ser instaladas em cima de outro tipo de piso bem nivelado ou sobre o piso cru.

Tornou-se uma excelente opção para quem pode pagar por esta instalação e o melhor, não consome tanto tempo para a instalação e não provoca aquela sujeira típica de obras para pisos.

Eles são como peças encaixadas umas às outras, que pode decorar o chão do ambiente escolhido de diversas formas.

Por ter em sua composição madeira de verdade, acaba sempre sendo confundido com um piso que imita madeira em formato de tábua, mas não é.

5. Piso ecológico

São pisos compostos por material renovável. Utilizam cerca de 70% de madeira, proveniente de reflorestamento, opção que valoriza a sustentabilidade. Os tipos de madeira mais comuns encontrados neste tipo de piso são:

  • Abiu;
  • Cumaru;
  • Grapia;
  • Jatobá;
  • Peroba mica;
  • Tauari;
  • Carvalho;
  • Pinho;
  • Abeto;
  • Faia;
  • Freixo;
  • Bordo;
  • Vidoeiro;
  • Mogno;
  • entre outros.

Saiba mais sobre os cuidados necessários com os pisos

Todo cuidado é pouco no momento de instalação deste tipo de piso. Independentemente do tipo de piso de mdf, devemos nos atentar a estes detalhes que mencionaremos a seguir.

Antes de qualquer coisa, é necessário certificar-se que o piso está totalmente nivelado e sem nenhum indício de umidade. O tipo de cola usado também deve ser bem resistente, como a do tipo P.U.

Se o local possui roldanas, mesas, cadeiras ou móveis que possuam rodas, será necessário instalar estruturas feitas de poliuretano ou silicone.

É interessante também colocar protetores de borracha e feltros embaixo dos móveis, cadeiras, pés de mesas e até evitar o uso de sapatos com solas de madeira ou metal, por exemplo.

Durante a limpeza cotidiana, alguns cuidados também devem ser aplicados, como utilizar apenas panos bem macios, molhados e apenas água.

Mesmo se for usar vassoura para a limpeza diária, opte por modelos mais macios. A água também pode danificar muito este tipo de piso de madeira instalado.

Pois podem apodrece-lá, principalmente se ficarem em contato com ela por muito tempo. Evite que a água escorra do banheiro ou da pia da cozinha, por exemplo.

Bem como locais próximos a janelas e portas, que podem vazar água de chuva em dias de tempestades mais fortes.

Evite também o uso de produtos químicos, como álcool, cera ou lustrador de móveis. Os raios solares também podem ser prejudiciais, desbotando e manchando o seu piso.

Procure colocar cortinas que barrem a entrada dos raios solares. Como estes pisos possuem em média dois centímetros de espessura, eles podem ser restaurados e renovados.

Mas isso depende do tipo escolhido. Eles poderão ser lixados e receber aplicações de verniz. Com estas dicas, certamente você terá um piso bonito e bem-acabado sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *