Você sabe o que pode interferir na sua internet?

Na época da guerra fria, na década de 1960, o Departamento de Defesa Americano e a Agência de Desenvolvimentos de Projetos avançados criaram uma rede de computadores que conseguiam transmitir informações sem que fossem sabotadas. Isso por conta do medo de sofrer um extermínio numa guerra nuclear.

A principal ideia era que vários computadores conseguissem trocar diversas informações por meio de conexões independentes. Dessa forma, se algum computador ou conexão fosse alvo de alguma paralisação, ou outros deveriam continuar funcionando normalmente. Esse foi o início do surgimento da internet.

A Chave comutadora, popularmente conhecida como chave de transferência automática, tem como principal função fazer a comutação das fontes de alimentação dos circuitos consumidores, fazendo com que elas fiquem separadas e, assim, não haja a possibilidade de ligação simultânea.

Com o aumento de número de pessoas que utilizam a internet, também pode crescer a quantidade de reclamações do serviço, mesmo que a internet funcione por cabo de fibra otica. No entanto, a velocidade da internet pode estar sofrendo interferência por aparelhos e ferramentas existentes na residência.

Para assegurar o serviço em seu pleno estado, é importante estar atento a alguns fatores, como:

  • Proteger o wi-fi com senha;
  • Bluetooth do celular ligado pode interferir na conexão;
  • Instalar o roteador em um local sem muitas barreiras;
  • Equipamentos e configurações antigas e desatualizadas;
  • Utilizar programas de antivírus.

Vale ainda destacar que quanto mais pessoas fazem o uso do seu wi-fi, mais lento ele tende a ficar. Por esse motivo, protegê-lo com senha evita com que pessoas que estejam próximas a sua casa ou estabelecimento consigam captar o sinal da sua internet e utilizá-lo.

Além disso, apesar de ser um fator ainda em estudo, o sinal da internet tende piorar quando se está fazendo o uso do bluetooth do aparelho. Por isso, evite usá-lo próximo ao seu roteador.

O melhor lugar para instalar o roteador é no cômodo central da casa, para que ele consiga emitir sinal de maneira semalhante para todos os cômodos mais facilmente e para os locais em que o usuário esta localizado.

Uma outra observação é deixá-lo em um ambiente que não seja muito isolado, com barreiras físicas que possam interferir na distribuição do sinal.

Aparelhos mais modernos e atualizados possibilitam uma melhor conexão. Assim, utilizar equipamentos e tecnologias antigas contribuem para que ocorram falhas, sendo uma delas, a queda da velocidade da internet. Um firmware antigo, por exemplo, é causador de problemas, pois pode conter erros de sistemas e, dessa forma, não fornecem a qualidade ideal.

Um outro fator importante é sempre instalar um programa de antivírus no seu computador, tablet ou notebook e mantê-lo sempre atualizado. É necessário fazer uma varredura constante para que seus dados não se espalhem na internet, pois isso torna a sua máquina mais lenta.

Utilizar as chaves comutadoras também podem evitar a queima dos seus equipamentos.

Como funciona a fibra ótica?

O cabo de fibra optica surgiu com o intuito de substituir os fios de cobre, fazendo com que a velocidade de transmissão da informação digital ficasse mais rápida.

Eles são feitos por feixes de fios de vidro, envoltos por duas camadas de plástico reflexivo. O cabo de transmissão de dados digitais é ligado e desligado a um fonte de luz.

Por meio dos fios de vidro, a luz atravessa de forma contínua e refletindo totalmente em seu interior, ou seja, fora do interior dos revestimentos plásticos que são espelhados.

Os sistemas que usam a fibra óptica são capazes de fornecer a transmissão de bilhões de bits de dados por segundo. Além disso, conseguem levar diversos sinais ao longo da mesma fibra, utilizando lasers de cores distintas.

A espessura desses cabos se assemelham a um fio de cabelo humano, mesmo assim, conseguem carregar muitas informações digitais em longas distâncias.

O que é um otdr?

O otdr, sigla que representa o reflectômetro óptico no domínio do tempo, é um sistema de rede que tem a função de promover a análise da transmissão da fibra óptica.

Existem diversos modelos de otdr como a leitura automática, leitura média e teste em tempo real.

Ele funciona por meio da dispersão de luz no momento em que ocorre mudança no índice de refração. Seus principais usos são para validar a manter a rede óptica.

O OTDR preço faz a leitura da rede óptica, mostrando as perdas das emendas e dos cabos ópticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *