Como fazer uma construção sustentável

A sustentabilidade é um tópico que vem sendo abordado com mais frequência nos últimos anos. Vários setores da indústria vêm contribuindo com isso, como é o caso da construção civil, que procura elaborar projetos de construção sustentável.

Nesse sentido, é interessante mencionar edifícios sustentáveis ​​que foram cuidadosamente projetados para reduzir significativamente seu impacto negativo no meio ambiente. Como regra geral, esse tipo de estrutura deve levar em consideração os seguintes aspectos: 

  • Ciclo de vida do edifício;
  • Materiais aplicáveis;
  • Resíduos;
  • Utilização de matérias-primas.

Portanto, antes da construção, é necessário identificar a melhor opção para o tipo de serviço a ser prestado, mas não existe um projeto padrão para construir esse cenário.

Cada construção é única e requer um projeto elaborado por um especialista que se esforça para cumprir as normas vigentes em cada área, além de fazer um prédio que cumpra com as funções propostas.

Conheça as técnicas de construção sustentável 

Existem várias maneiras de reduzir o impacto negativo das construções no meio ambiente e fazer um uso mais consciente dos recursos naturais, como usar um reservatório cilíndrico de água para coletar de água da chuva, que pode ser reutilizada para faxina.

O aquecedor solar também pode oferecer diversos benefícios, principalmente em termos de economia de energia. Basicamente, o sistema é composto por painéis solares, que absorvem a radiação e transferem calor para a água nas tubulações do sistema.

Na fonte de calor, a água permanece aquecida para uso quando necessário. É um sistema que pode ser utilizado para diversos fins, como piscinas, chuveiros ou pias.

Os sítios externos utilizam técnicas para valorizar os fatores naturais, como por meio da atuação de arquitetos que trabalham com paisagismo de jardim, ou outras formas que contribuem para a conservação dos fatores naturais, como a aplicação de materiais reciclados.

Além dos aspectos discutidos das edificações projetadas por meios sustentáveis, é importante ressaltar que algumas edificações também podem utilizar esses e outros métodos. Mesmo que o local não seja totalmente pensado para a sustentabilidade, pode contribuir para o equilíbrio ambiental.

Aspectos dos materiais utilizados 

É claro que existem muitas etapas de trabalho relacionadas aos materiais, desde a seleção do local, fundações, estruturas, revestimentos, instalação elétrica até a seleção dos materiais que serão utilizados em cada um desses processos.

Também existem os aspectos estéticos, que devem ser levados em consideração, como o revestimento, bem como materiais de portas, janelas e pisos.

Em ambos os casos, é importante considerar alguns critérios, como priorizar itens reutilizáveis ​​e recicláveis, de preferência sem causar grandes danos ambientais.

Portanto, a sustentabilidade pode estar associada aos mais diversos componentes de uma edificação. Estética inteligente que prioriza a luminosidade do ambiente, como a cobertura de alumínio com vidro, que possui alta resistência e é uma das principais opções para coberturas translúcidas.

À medida que cresce a demanda por construções sustentáveis, cada vez mais materiais podem atender a essa proposta. Para os telhados, uma alternativa possível são as telhas metálicas sanduíche, que são frequentemente usadas em estruturas tradicionais.

Mas podem ser encontradas telhas ecológicas feitas de têxteis e materiais reciclados para acomodar a sustentabilidade. Outro material de construção muito comum que pode ser encontrado de forma sustentável é o concreto reciclado feito a partir de resíduos de construção.

Por outro lado, a madeira, que está muito presente em algumas etapas do projeto devido à variedade de materiais, pode ser selecionada com muito cuidado para reduzir seu impacto ambiental, como as alternativas de demolição e madeira certificada.

Isso é vantajoso para o reaproveitamento do material, pois o que sobra de uma demolição é um material descartável, mas a madeira certificada é um material da área adequado para reflorestamento e manejo.

A partir disso podemos concluir que diferentes processos e produtos podem ser utilizados para acomodar o conceito de sustentabilidade da edificação, seja nova ou não.

De qualquer forma, o uso cada vez mais consciente dos recursos naturais tem um impacto significativo no meio ambiente, e essa percepção tem ganhado muito espaço, inclusive em projetos de construção comercial ou residencial.

Nos últimos anos, muitas empresas têm trabalhado para fazer materiais mais sustentáveis e que, consequentemente, não agridam tanto o meio ambiente, então é muito importante você ficar antenado em novidades desse setor para se manter sempre atualizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *