Conheça alguns serviços feitos na altura

É possível enquadrar como um trabalho em altura, serviços que sejam efetuadas 2 metros acima do solo e ofereçam ameaça de queda.

Por isso, tarefas que envolvam a utilização de escadas, plataformas ou mesmo andaimes podem receber essa nomenclatura. Nesse contexto, é fundamental que os trabalhadores que exercem esses trabalhos estejam preparados.

A ocupação deve ser executada com planejamento prévio, organização, além de todas precauções especiais de segurança. Essas ações servem para garantir a segurança para todas os indivíduos, envolvidos direta ou indiretamente no trabalho.

Segurança do trabalho

Para tanto, há regulamentações voltadas para esse assunto, que explicam como a segurança do trabalho pode ter papel fundamental no êxito das atividades.

No geral, os acidentes acontecem justamente pelo não seguimento dessas determinações de saúde e segurança no exercício das funções profissionais.

É crucial que haja um cuidado na análise, tanto das ações em si como nas condições do ambiente de trabalho, como exposição às nuances de tempo. Além disso, alguns acessórios são indispensáveis.

Os equipamentos de proteção individual (EPIs), mínimos para realizar trabalho em altura são: trava-quedas retrátil; cinto de segurança para trabalho em altura; capacete com jugular; botinhas de segurança; óculos; luvas; entre outros.

Mecanismos criados pela Norma Regulamentadora 35, estabeleceram condições e medidas que possam prevenir acidentes, envolvendo os profissionais que ganham a vida nas alturas.

São exigidos três itens essenciais ao profissional: condicionamento físico, psicológico e conhecimento técnico. Nessa conjuntura, alguns fatores se destacam como colaboradores para os acidentes.

Como falta de planejamento e treinamento adequado, ausência ou inadequação dos equipamentos, excesso de trabalho, dentre outros exemplos. Os trabalhos que mais estão suscetíveis a esse tipo de problema se encontram em setores como:

  • Construção civil;
  • Montagem e desmontagem de estruturas;
  • Funções ligadas às telecomunicações;
  • Dentre outros.

Trabalhos específicos

A pintura predial, seja ela interna ou externa, exige algumas práticas que têm como objetivo de adiantar o processo e garantir a qualidade do resultado final.

A escolha da tinta, a preparação da superfície, contratação dos profissionais e outros fatores precisam passar por uma análise prévia.

Mesmo sendo uma atividade considerada comum dentro da rotina da construção civil, não cumprir alguns detalhes pode ter consequências suficientes, para comprometer o resultado final.

Uma empresa de pintura predial, por exemplo, precisa seguir normas para poder efetuar os seus serviços.

Regras fundamentais para garantir a segurança e preservar a saúde do profissional, elas são usadas também para proteger todas as pessoas que circulam pelo lugar, no qual a função é exercida.

As empresas desse setor precisam fornecer, principalmente, equipamentos de proteção individual, além de condições de trabalho específicas para o trabalho em altura.

Para qualquer serviço que demande a pintura, com as especificações já destacadas, que configuram trabalhos de riscos de queda.

Empresas desse setor costumam solicitar dos pintores curso em NR 35; e curso IRATA, que instrui a respeito do acesso a altura com a utilização de cordas com segurança.

Além deles, o curso de operação de plataformas elevatórias também é razoável. Mas, não é apenas nos casos das pinturas que a altura é um fator preponderante.

Durante a reforma de um estabelecimento, seja uma casa ou um prédio, as ações realizadas em alturas maiores que 2 metros acima do solo, também podem surgir.

Seja na correção de telhados, implementação de outros equipamentos e acessórios ou na construção de um novo espaço, pensar na segurança do profissional que realiza a tarefa, é de fundamental importância.

Nesses casos, a contratação de uma empresa especializada em manutenção predial pode ajudar. As prestadoras de serviços podem resolver questões.

Como conservação do espaço disponibilizando, não apenas uma equipe de qualidade, mas também os equipamentos e recursos pertinentes, para a realização do serviço pretendido.

A principal função desse tipo de empresa, é garantir ao contratante não apenas a manutenção predial em si, mas também a tranquilidade em relação a questões como segurança e conservação do ambiente.

A segurança do trabalho aparece como importante questão em diversos setores e atividades profissionais. Em cada um deles, há especificações diferentes.

Que contribuem para que o trabalhador tenha pleno direito à sua segurança e saúde. Para tanto, é fundamental que não apenas a empresa, mas que também os colaboradores se esforcem.

Estes para cumprir todas as normas pré-definidas e, dessa forma, exercer suas funções com tranquilidade e conforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *