Construção civil: procedimentos complexos de demolição

procedimentos

Os procedimentos para construir um imóvel podem depender de vários processos técnicos, como a demolição de um empreendimento antigo, a verificação das instalações estruturais, assim como a documentação necessária para iniciar a obra.

Antes de realizar uma demolição, por exemplo, é preciso realizar um estudo das condições da estrutura, do terreno e dos imóveis ao redor. Esse tipo de procedimento garante a realização correta da ação e a segurança de todos os envolvidos.

Após demolir uma estrutura antiga, é preciso preparar o terreno antes de construir um novo imóvel. Um passo essencial nessa etapa, é a construção das estruturas, que é a base de todo o projeto.

Diante disso, é preciso entender e planejar todos os passos antes de iniciar uma obra, e a ajuda de profissionais de arquitetura e engenharia é essencial para entender os procedimentos mais complexos.

Demolição de um imóvel

Em algumas situações, é necessário realizar a demolição de um empreendimento por conta de sua infraestrutura, que pode apresentar algum tipo de risco em sua fundação, ou simplesmente pela necessidade de aproveitamento do terreno.

Diante disso, a demolição de imóveis é uma opção bastante ampla e complexa, que requer uma empresa especializada e conhecimento técnico. Existem alguns tipos de demolição, como a manual, por equipamento e a com explosivos.

O que define o tipo de demolição que deve ocorrer são:

  • O tamanho do imóvel;
  • A infraestrutura no local;
  • Seu material de composição;
  • O local que o imóvel está instalado;
  • O risco do procedimento.

A partir disso, é feito um estudo da viabilidade do projeto, assim como dos impactos na vizinhança. Entre as opções disponíveis, a demolição manual é o procedimento mais simples e acessível, quando feito por uma mão de obra especializada.

O mesmo vale para o uso de equipamentos para derrubar paredes, como é o caso das escavadeiras. Já para as explosões, são necessários detonadores, elementos químicos e explosivos, o que exige a necessidade de um isolamento da área, remoção dos vizinhos e um estudo dos impactos. Pela sua complexidade, esse tipo de demolição requer autorização dos órgãos responsáveis para ocorrer.

Estrutura e elementos complementares

Com a demolição realizada, deve se iniciar o processo de terraplanagem do terreno, com o objetivo de nivelamento e remoção de entulhos, com o descarte correto. A partir daí, o local está apto para receber as instalações, como a fundação e a parte estrutural do imóvel.

Geralmente, na parte estrutural, é comum o uso de metais como o ferro ou o aço. Por exemplo, existem os ferros para vigas, que contribuem para a sustentação da fundação, assim como das colunas que serão construídas para sustentar as paredes e as estruturas para o telhado. Ou seja, tudo está interligado no processo de fundação residencial, que depende de um projeto técnico bem consolidado.

No trabalho com os metais, que é tão comum na construção civil, pode ocorrer o jateamento com granalha. Esse processo se dá por meio da limpeza, fortalecimento ou para o polimento do metal.

Esse tipo de procedimento ocorre em diversos locais, como na construção civil, indústria automotiva e ferroviária. Isso representa que não adianta contar apenas com a presença do metal no ambiente da construção, mas também é necessário ter atenção aos procedimentos de cuidados e manutenção do metal.

Ainda nesse processo de fundação e de consolidação da estrutura do imóvel, é comum que as colunas de ferro sejam revestidas com concreto, e por isso, elas servem como sustentação para todo o imóvel.

Para otimizar o tempo de obra, é possível apostar no uso de colunas prontas para construção preço, com o levantamento de um orçamento realizado de acordo com a verba para a obra.

As colunas prontas para construção são comercializadas por empresas especializadas nesse segmento, a partir da determinação do cliente sobre o tipo de coluna, seu revestimento e material metálico interno. Essa ação otimiza o tempo da obra e a consolidação de colunas.

Outra parte importante do projeto estrutural, são os telhados e telhas de um ambiente residencial, já que esse processo também depende da instalação de colunas.

Além disso, é possível inserir uma tela ondulada galvanizada, que é utilizadas para realizar a separação ou a divisão de elementos em uma obra. Pelo fato do material ser galvanizado, ele apresenta maior resistência diante de fatores externos, como a umidade.

Documentação e segurança

Por fim, é importante ressaltar que uma obra necessita de liberações e documentações dos órgãos públicos para funcionar. Essa documentação principal é conhecida como alvará de liberação.

Além disso, a obra precisa contar com elementos de segurança e prevenção de acidentes, entre eles, os contra incêndios. Para isso, é necessário realizar a liberação e renovação de AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), que atesta a segurança do local no quesito como ter equipamentos de contenção de incêndio. Esse documento é requisitado, principalmente, em obras de grande porte.

Portanto, a análise prévia do terreno e ajuda de profissionais qualificados são essenciais para o bom andamento  de uma obra e para garantir a segurança e o cumprimento das normas regulamentadoras da construção civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *