Arquitetura moderna empregada em elementos sustentáveis

arquitetura

O setor da construção civil, arquitetura e habitação são diversificados, atendendo os mais diferentes públicos, independente da classe social, região onde está instalado, com finalidades específicas para a moradia e a formalização de estabelecimentos comerciais, industriais e sociais.

Os profissionais que atuam nesse setor estão divididos em diferentes categorias, oferecendo serviços específicos para garantir o conforto e a segurança dos usuários.

A busca por projetos diferenciados, com o melhor aproveitamento de espaço e aplicação de elementos funcionais e, ao mesmo tempo decorativos, entram no escopo.

Diante disso, o impacto empregado pela disponibilidade de novos materiais e o avanço da tecnologia no dia a dia da população também interferem, de maneira positiva, nas tendências relacionadas à arquitetura, engenharia e estilo de vida de cada pessoa.

As famílias estão se adaptando com as novidades tecnológicas, e a automação residencial passou a ser uma realidade a partir da comunicação expansiva que a internet tem proporcionado.

Eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos passaram a enviar informações que facilitam diversas tarefas, tudo com base em aplicativos que podem ser acessados por meio de um tablet ou um celular.

Acabamento diferenciado atende ambientes modernos

Apesar de todas essas mudanças práticas que a modernidade tem apresentado para a sociedade, há elementos estruturais que não devem passar despercebidos. O acabamento empregado em um imóvel chama a atenção das pessoas, valorizando os ambientes e o preço no mercado imobiliário.

A arquitetura moderna utiliza técnicas tradicionais para determinados projetos. Para atender proprietários de residências que querem um toque personalizado e com baixo custo, por exemplo, o piso de cimento queimado colorido entrou na escopo de muitos projetos que visam um aspecto rústico, mas muito funcional.

O produto aplicado sobre o contrapiso é uma argamassa que tem entre os componentes a areia, a água, o cimento e tintas próprias para atingir uma coloração que faça parte da decoração final.

Para garantir uma durabilidade ampla e resistência quanto ao trânsito de pessoas, em um ambiente interno do imóvel, o cimento queimado colorido precisa ter uma espessura de 30 centímetros por toda a sua extensão.

Esse modelo de piso é de fácil manutenção no dia a dia de uma residência, podendo receber uma camada de cera própria para destacar o aspecto colorido implementado.

Projeto de segurança para conjuntos habitacionais

As construtoras e incorporadoras oferecem diversos modelos de imóveis para a população. No caso de conjuntos habitacionais, ou condomínios residenciais, é preciso apresentar um projeto que possua um sistema de incêndio para evitar catástrofes e garantir a segurança dos moradores.

São instaladas mangueiras, hidrantes, extintores de incêndio e sprinklers nos corredores de uso comum. A formalização de uma equipe de atendimento em caso de pânico, em caráter civil, é incentivada pelo corpo de bombeiros, para direcionar os moradores na ocorrência de um incêndio, como forma de prevenção.

A responsabilidade para verificação sobre a recarga extintor fica sob os critérios do condomínio, que pode direcionar para uma administradora predial ou para o próprio síndico.

Implementação de acessórios em área de lazer

Para garantir uma moradia confortável e segura, os proprietários de um imóvel devem ouvir especialistas das áreas de atuação, para que possam investir em materiais adequados e mão de obra capacitada.

A implementação de uma arquitetura sustentável, com melhor aproveitamento da eletricidade, inclusive com a instalação de placas fotovoltaicas para captação da energia solar, é uma tendência que chegou para ser expandida entre os empreendimentos imobiliários.

Seguindo um planejamento adequado para a construção civil, os proprietários perceberão que a arquitetura está voltada para as novidades que exploram a proteção ao meio ambiente. Isso pode ser observado em projetos que valorizam:

  • Áreas abertas;
  • Integração escritório-residência;
  • Acessibilidade e mobilidade;
  • Espaços dedicados à flora.

Até mesmo a área de lazer é valorizada dentro de um quintal residencial, com a instalação de uma escada de piscina inox para garantir a segurança dos moradores e visitantes, quando esse equipamento está em uso.

Os materiais utilizados tendem para a sustentabilidade quando eles são recicláveis, ou possuem origem de restauração e aproveitamento ecológico de resíduos da construção civil. Portas e janelas rústicas podem combinar com o piso escolhido para compor os ambientes.

Os imóveis que seguem uma tendência para essa escala tradicional, utilizando materiais rústicos, empregam técnicas atualizadas para a aplicação de cimento queimado, proporcionando um aspecto natural aos ambientes.

Para as pessoas que procuram uma moradia, levando em consideração que essa demanda é crescente e não existe um patamar para ser atingido, o setor da construção civil continua em franca expansão e não apresenta sinais de que vai parar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *