4 dicas para aproveitar sua sacada ao máximo

Um apartamento com sacada tem muito mais potencial de valorização que um imóvel sem este cômodo.

Não é à toa: quem tem a sorte de morar em um local do tipo, conta com um cômodo extremamente versátil, que pode ser usado com os mais diversos fins.

Apesar disso, há quem pense que o fato das sacadas estarem cada vez menores (assim como os empreendimentos imobiliários em geral) impede que elas sejam bem aproveitadas.

Ledo engano: usando os elementos decorativos de forma estratégica, ela pode se transformar em um ambiente incrível, tanto para momentos em família quanto para receber visitantes.

Confira algumas dicas para isso:

É possível bloquear o sol

Dependendo da posição do imóvel, as varandas podem ficar impossíveis de usar em algumas horas do dia.

O motivo? O sol, que pode incidir diretamente sobre o espaço, deixando-o muito mais quente do que o ideal.

Felizmente, lidar com isso é simples: basta investir em persianas para fechamento de sacada.

Além de permitir que o cômodo seja usado com conforto a qualquer hora do dia, ela também ajuda a proteger a mobília, que tende a se degradar com a radiação solar.

Há várias alternativas ao vidro

Acontece que, para instalar as persianas, a varanda tem que ser fechada antes disso.

Do contrário, elementos como o vento e a chuva podem prejudicar seriamente a sua estética em questão de meses.

Na hora de fazer o fechamento de sacada, a maior parte das pessoas pensa que a única opção é usar o vidro.

Por mais que este material apresente muitas vantagens, como o isolamento acústico e a proteção contra o vento e a chuva, ele não é o único recurso disponível para tal.

Também é possível optar por:

  • Cerca viva: feche o cômodo com plantas;
  • Elementos vazados, que proporcionam um ar aconchegante;
  • Venezianas fixas de madeira, para um toque rústico;
  • Lona, para uma cobertura básica.

Vale ressaltar que todos têm suas vantagens e desvantagens.

A cerca viva, por exemplo, cria quase que um jardim em seu apartamento, mas não serve de abrigo contra a chuva e o vento.

Voltando ao vidro, é preciso levar em conta que, para ter uma sacada envidraçada, não basta procurar uma empresa especializada e simplesmente instalar a cobertura.

Por conta do alto risco que este elemento apresenta aos transeuntes em caso de queda, é preciso consultar o condomínio, e averiguar se esta intervenção é permitida.

Do mesmo modo, será preciso apresentar um plano de obra, assinado por um arquiteto ou um engenheiro.

Por fim, é preciso ter em mente que o envidraçamento não dispensa o uso de mecanismos de segurança, como a rede de proteção. Isto pois ele, por si só, não previne quedas.

Ela pode ser incorporada a um cômodo

Ao invés de ter a varanda como um cômodo separado, há quem prefira eliminar a divisória entre ela e o ambiente contíguo, criando um só.

Ao mesmo tempo, os vidros para sacada de apartamento transformam seu vão característico em uma janela.

Em tempos de imóveis cada vez menores, esta pode ser uma boa opção para aumentar o tamanho da sala ou do quarto.

Contudo, novamente, é preciso ter alguns cuidados antes de realizar esta intervenção.

Assim como no caso do envidraçamento, o primeiro passo é consultar o condomínio e verificar se a intervenção é permitida.

Com o aval da administração, é preciso consultar um engenheiro ou um arquiteto.

Para que o profissional analise a planta do edifício e defina se a parede pode ser derrubada sem riscos à estabilidade e à segurança do imóvel. A reforma só pode ser iniciada depois disso.

A varanda pode virar um jardim

Muitas pessoas que vivem na cidade dizem que gostariam de ter mais contato com a natureza.

A boa notícia é que é perfeitamente possível ter um pequeno jardim dentro da própria casa: basta usar a varanda como local de cultivo de plantas.

Há várias alternativas para isso. Quem conta com um cômodo grande, pode construir um canteiro e começar o cultivo.

Já quem não dispõe de tanto espaço pode comprar plantas envasadas, ou, até mesmo, criar um jardim de parede.

Além disso, é muito importante que o espaço seja uma sacada de vidro.

Afinal, as plantas precisam da luz do sol para sobreviver e florescer. Além disso, a janela deve ser aberta periodicamente, para deixar o ar fresco entrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *