O piso de epóxi vs piso de madeira

Há no mercado, diversas opções de pisos, como cerâmica, porcelanato, piso de madeira, piso laminado durafloor, mármore, entre outros. No entanto, os tipos de pisos mais encontrados em residências e estabelecimentos comerciais, tanto nas áreas internas quanto externas, são os de madeira e o porcelanato.

Isso porque existem diversos tamanhos, cores e texturas de cerâmica. O porcelanato é um tipo de revestimento cerâmico mais nobre e as suas principais características são a uniformidade de coloração, resistência à abrasão física e química, além da massa homogênea.

O porcelanato pode ser classificado como porcelanato técnico, ou toda massa e esmaltado. O piso laminado é composto por lâminas de madeira encaixados e presas nos rodapés.

A principal diferença entre granito e o mármore é que o primeiro é mais duro, já que é composto por três minerais como mica, feldspato e quartzo. Já o mármore é formado apenas por um mineral e calcita.

Além disso, o granito apresenta menos porosidade do que o mármore. Em relação a cor, o mármore tem uma coloração mais uniforme, enquanto o granito é mais mesclado, com alguns pontos pretos.

O granito, por ser mais resistente, não pode ser riscado, ao contrário do mármore. Por esses motivos, o granito é um piso muito usado em locais com grande fluxo de pessoas.

Aquelas pessoas que procuram um piso versátil, durável e com bom custo benefício, podem optar pelo piso laminado, pois eles imitam um piso de madeira, que não necessita de restauração de tacos de madeira.

O efeito visual é o mesmo, de forma natural, mas é muito mais barato tanto para instalar quanto para manter, além de apresentarem uma limpeza mais fácil e serem antialérgicos.

O revestimento de verniz torna o piso mais resistente e protegido contra desgastes e riscos. A recomendação é que o piso laminado seja usado em locais com um fluxo de pessoas leve, como residências.

Assim como a instalação do piso laminado, o piso vinílico é instalado por meio de um sistema click macho-fêmea sobre a manta e são recomendados para locais em que há pouca circulação de pessoas.

Apesar da sua estampa imitar madeira, ele é composto por plástico PVC.

O que é o revestimento epoxi

O tipo de revestimento de piso e parede tem o objetivo de garantir o conforto, praticidade e estilo ao ambiente. Por isso, ele deve ser escolhido conforme as necessidades e formas de uso.

A tinta epóxi, por exemplo, é um tipo de revestimento muito usado em ambientes externos e internos. Todos os estabelecimentos, sejam eles residenciais como casas e prédios, ou comerciais como hospitais, restaurantes, shoppings ou empresas, podem utilizar o revestimento epóxi.

Isso porque ela possui diversas vantagens, estando entre as suas principais características a:

  • Resistente a umidade, produtos químicos e à abrasão;

  • Durabilidade;

  • Possui boa aderência;

  • Impermeabilidade.

Além disso, esse tipo de revestimento é bem fácil de ser limpo e não exige altos investimentos em manutenção.

A tinta epóxi é muito usada em ambientes que possuem uma grande circulação de pessoas e máquinas, como em pisos de industriais, estacionamento e garagens.

A aplicação desse revestimento é feita de forma rápida e demora, em média, dois dias para secar.

Uma outra vantagem é que para ser aplicado, não há necessidade de retirar o contra piso, ou seja, não precisa realizar uma obra de reforma, evitando maiores transtornos.

Como restaurar pisos de madeira

Com o passar dos anos e do uso, os pisos de madeira começam a apresentar sinais de desgastes que os tornam esteticamente prejudicados.

No entanto, isso não quer dizer que eles precisam ser substituídos por um novo piso.

A resina para piso de madeira, que é passada durante a restauração desse piso, consegue devolver o brilho e o aspecto de novo para os pisos de madeira.

Para realizar a restauração, o primeiro passo é contratar uma empresa especializada nesse serviço e que use materiais de qualidade. O

processo de restauração começa quando o piso é lixado, ficando bem polido. Depois, é feita a aplicação de um produto conhecido como bona.

A bona protege o piso, tornando-o mais resistente e devolve a ele o brilho, como se o piso fosse novo. Depois de aplicada, ela demora duas horas para secar e já é permitido o uso normal do piso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *