Permissão de entrada restrita aumenta segurança condominial

entrada

A tecnologia está presente em diversos produtos e serviços. Seja nos modernos aparelhos de telefone celular, com um mundo de possibilidades de acesso às informações diversas, passando por televisores, aparelhos de som e até mesmo geladeiras com acesso à internet, em eletrodomésticos, e chegado aos carros inteligentes.

Para todos estes equipamentos, que estão no dia a dia das pessoas, muita tecnologia é empregada, de maneira inteligente, permitindo a interação ao alcance das mãos. Em alguns casos, até mesmo o comando de voz já permite ligar e desligar os aparelhos.

No setor da construção civil, muitas chaves já estão sendo substituídas por uma tecnologia mais inteligente, intuitiva e de fácil acesso.

São os próprio dedos das mãos, que permitem abrir portas e garantir a entrada em espaços específicos, com a permissão sendo fornecida para poucas pessoas, aumentando a segurança e evitando um dos maiores pesadelos pessoais, que é perder as chaves de casa.

Acesso na ponta dos dedos

Com a abertura de muitos condomínios, tanto na área residencial, quanto na área comercial, o controle de acesso biométrico se tornou uma solução bastante eficiente e segura, para moradores, funcionários e até mesmo para visitantes.

Que só podem entrar com a permissão de um morador, nas áreas residenciais, ou após a aprovação, para chegar às salas de escritório, nos edifícios.

A facilidade de leitura biométrica, com a tecnologia aplicada em equipamentos simples, como uma fechadura de uma porta, ou portão, é amplamente difundida.

E até mesmo indicada, por empresas de segurança patrimonial, que trabalham no setor, e reconhecem este modelo de permissão de entrada, como um dos mais eficientes, na atualidade.

Mesmo com um grande volume de pessoas, convivendo em um mesmo espaço, como acontece nos condomínios residenciais e empresariais, a biometria para condominio se tornou a chave de sucesso para a segurança de todos.

Cada pessoa é um indivíduo único, e por isso mesmo, o reconhecimento de suas impressões digitais permite liberar a entrada, conforme determinada pela equipe de segurança.

Para as empresas que contam com um grande número de funcionários, este tipo de tecnologia ajuda também nos trabalhos realizados pela equipe de recursos humanos.

Com a entrada identificada eletronicamente, o horário do funcionário é registrado em uma base de dados, indicando a hora de entrada e hora de saída, bastando ter uma catraca eletronica biometrica no local.

A permissão para entrada em locais de acesso restrito também é uma grande vantagem, tanto em condomínios empresariais e comerciais, quanto em condomínios residenciais, que contam com casas de máquinas,para as piscinas, áreas de verificação dos sistemas hidráulicos, elétricos e de gás, e até mesmo salas administrativas.

Nestes espaços, o controle de acesso biometrico para portas é bastante eficiente, pois garante a entrada apenas de técnicos e pessoal altamente qualificado, evitando qualquer tipo de acidente ou acesso a informações confidenciais.

Outros modelos de identificação eletrônica

A biometria é um dos melhores modelos a serem aplicados em portas e catracas, pois permite a identificação pessoal e exclusiva de cada indivíduo.

Mas, há outros modelos de equipamentos, presentes no mercado, que também são bastante utilizados e podem ser aplicados em diferentes entradas, com uma única chave de acesso.

O uso da identificação via radiofrequência já é bastante comum em empreendimentos comerciais, como etiquetas eletrônicas em produtos, que impedem o roubo, utilizando-se barreiras eletrônicas nas saídas.

Para a entrada em condomínios residenciais e empresariais, a tecnologia desenvolveu um cartão RFID, que funciona por meio de transmissão de sinal a um sistema integrado entre leitor e equipamento, que realiza a leitura automaticamente.

Além da proteção a produtos, em uma loja de departamentos, por exemplo, este dispositivo eletrônico está presente em outros equipamentos, que facilitam a entrada e saída de veículos em um estacionamento, presente em shoppings centers, e até mesmo nas estradas, nas praças de pedágio.

Seu uso é explorado de diversas maneiras pelas empresas de controle de acesso, por diferentes aspectos, como:

  • Leitura e envio de dados instantâneos;
  • Alta capacidade de armazenamento de dados;
  • Bem durável e reutilizável;
  • Facilidade de instalação e transporte.

Os cartões podem ser disponibilizados a pessoas específicas, como funcionários de uma residência ou de uma empresa, que terão acesso após a passagem em catracas eletrônicas, indicando a entrada ou a saída, conforme a passagem pelo equipamento instalado. Com isso, a segurança se torna melhor e mais eficiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *