Segurança predial: prevenção e obtenção de laudos

predial

Uma das ações de responsabilidade para quem administra um ambiente predial ou empresas (áreas comerciais de pequeno, médio ou grande porte) é se atentar em relação aos incêndios.

Ainda assim, existem alguns procedimentos que envolvem a manutenção preventiva predial que são fundamentais para o aumento da vida útil do imóvel. Diante disso, separamos algumas dicas importantes para agregar segurança para um prédio.

Prevenção de incêndios

Quando falamos sobre segurança, a prevenção contra incêndios faz parte dela. Por isso, existem ações que devem ser feitas com o objetivo de prevenir o surgimento de incêndios.

Algumas dessas ações são:

  • Instalar detectores de fumaça;
  • Sensores para liberação de água ou espuma;
  • Saídas de emergência que sejam bem estruturadas;
  • Extintores de incêndio dentro do prazo de validade;
  • Ter uma central de alarme;
  • Atuar no controle e monitoramento de princípios de incêndio;
  • Verificar a tubulação de gás, com o objetivo de manter o sistema pneumático;
  • Contar com sistema de pressurização nas escadas do prédio.

Estas são algumas das ações que podem ser desenvolvidas para garantir a segurança do local, além de realizar a instalacao de sistema de combate a incendio automatico, que consiste em um sistema de inteligência para detectar anormalidades para o acionamento do alarme ou de dispositivos de segurança.

Laudos necessários para a segurança

No processo de prevenção de incêndios em prédios ou ambientes comerciais, existem alguns laudos que são necessários de se obter, com órgãos de segurança responsáveis, como o AVCB e CLCB (Auto de Vistoria de Corpo de Bombeiros e o Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros).

O CLCB é um documento que funciona como uma licença e é obtido através do Corpo de Bombeiros. No caso deste tipo de licenciamento, ele é indicado para edifícios com 750 metros quadrados em sua área e de no máximo, três andares.

No caso de ambientes residenciais ou familiares, este tipo de licença não é obrigatória. Este tipo de certificado é muito parecido com o AVCB e que também representa uma licença bombeiro.

Basicamente, este laudo ou licença é emitida para um prédio que consegue se enquadrar dentro de algumas características que listamos a seguir:

  • A área do prédio tem que ser de no máximo de 750 metros quadrados;
  • A altura máxima do prédio é de 12 metros;
  • O local não deve conter muitas cargas ou capacidades para geração de incêndio;
  • Não pode comercializar gases, como no caso do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo);
  • Ter, no máximo, 250 litros de material inflamável armazenado.

A obtenção desses laudos determina quais substâncias inflamáveis podem estar no local ou não, assim como as classificações relacionadas ao tipo de edificação.

Para conseguir o Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros, é importante que o prédio tenha obtido outras documentações, como um plano que apresenta prevenções diante de incêndio, amostra e laudos que comprovem a presença de dispositivos de segurança e contenção de incêndios.

Além disso, também é preciso dos laudos anteriores de Corpo de Bombeiros, ter feito o pagamento da taxa de serviço e segurança diante do incêndio e apresentar uma documentação que comprove que o local possui um controle sobre materiais inflamáveis.

O laudo AVCB corpo de bombeiros, assim como o laudo que citamos anteriormente, também serve para uma comprovação de que o local está seguindo os parâmetros da lei, no que se refere à segurança e a prevenção de incêndios.

Para essa obtenção, primeiro a empresa precisa obter um PPCI (Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio), que é um plano voltado para prevenção, assim como para a proteção diante de incêndios.

Este plano é fundamental para indicar as saídas de emergência, equipamentos de contenção e ações que a empresa ou prédio terá de prevenção ao incêndio.

Manutenção dos pontos prediais

Ainda assim, existem outras dicas que são importantes para o cuidado e a manutenção do ambiente predial. Além da preocupação com a manutenção e com o cuidado com as áreas inflamáveis, e é importante realizar a manutencao em portao automatico do prédio.

Este tipo de manutenção precisa ocorrer de forma preventiva, ou seja, com uma antecedência ao problema. Isso é importante pois os portões de prédio estão em constante abertura e fechamento.

Outra questão bastante interessante para facilitar a circulação de ar quente e deixar o ambiente mais agradável, é instalar exaustores em diversos pontos, assim como realizar também a manutenção de elevadores. Para áreas de jardim, uma estufa estrutura metalica pode ser importante para a conservação e crescimento das plantas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *