Confira as tendencias de arquitetura e decoração que perderam força em 2020

Acompanhar as novas tendências de arquitetura e decoração é fundamental para manter-se sempre relevante no mercado. No entanto, estar atento às tendências que perdem força de ano para ano também é fundamental! 

Isso por que, apesar de lançamentos e modismos, a melhor estratégia é realizar projetos com vida longa. Afinal, reformar e construir são decisões financeiras importantes, e por isso ocorrem com uma periodicidade maior. 

Nesse sentido, é preciso atenção para não exagerar nas tendências e modismos. O que vemos no mercado é que a maioria das tendências em decoração dura em média 5 anos. 

É claro que esse período pode variar, tanto por conta do uso excessivo de uma tendência (o que acaba por nos cansar), ou até mesmo pela chegada de uma nova tendência! 

No artigo de hoje separamos aquelas tendências que foram perdendo força em 2019, e que provavelmente terão fim em 2020. Boa leitura! 

Revestimentos em cimento

O uso do concreto e do cimento em ambientes internos tornou-se o queridinho dos clientes e profissionais. Em 2010 o uso de materiais rústicos em ambientes internos era ainda algo incomum, e tinha o objetivo de acentuar ainda mais os ares industriais de lofts, por exemplo. 

Hoje em dia a tendência pode ser encontrada em todos os tipos de projeto, sempre acompanhada de vigas aparentes, ou até estruturas de iluminação e tubulação.

Em 2020 a tendência é buscar referências do passado,como os anos 80, o Art Deco e o Vintage. Por isso, as paredes em cimento devem sair de cena, dando espaço para paredes com textura! 

Cores Intensas

As cores fortes e os tons pastéis vão ficar em 2019! No ano de 2020 os tons neutros voltam com tudo para invadir a decoração de ambientes e acabar com o protagonismo das cores intensas que vivemos nos últimos anos.

Você já deve saber que as cores na arquitetura tem o papel de influenciar os ambientes. Pois o fim dessa tendência é uma consequência do contexto da sociedade na qual vivemos hoje: sempre correndo contra o tempo, preocupados e estressados. 

A busca pela calma e tranquilidade torna os tons neutros a escolha perfeita, especialmente para ambientes nos quais a ideia é relaxar, como dormitórios e sala de estar. 

Isso quer dizer que o tão amado Rosa Millennial sai de cena e dá espaço ao Bege, que volta com tudo para o ano de 2020!

Móveis de Plástico

A guerra contra as sacolas e canudos plásticos trouxe o fim do desejo por móveis de plástico. É preciso não só acompanhar as tendências da arquitetura e decoração, mas também o movimento de consciência em relação à sustentabilidade e problemas ambientais. 

Nesse sentido, o que se espera do mercado são novas opções de móveis e objetos produzidos com material 100% reciclado ou de fibras naturais. Confira aqui como deixar os seus projetos mais sustentáveis

Painéis Ripados

Ainda que o uso da madeira natural na decoração contine como protagonista em 2020, algumas soluções na marcenaria começam a soar repetitivas. É o caso do painel ripado, que acabou sendo unanimidade em projetos de todos os tipos e estilos. 

É claro que essa tendência não irá desaparecer de uma vez em 2020, mas a ideia é buscar por soluções novas que sejam mais originais e ousadas para sair da mesmice. Que tal apostar em elementos com formas orgânicas e cheios de textura? 

Manter-se atualizado é fundamental para garantir projetos que sejam atemporais, e isso inclui não só acompanhar as tendências de arquitetura e decoração que chegam, mas também aquelas que vão perdendo força. 

Gostou das dicas? Então não deixe de conferir esse artigo com 7 materiais econômicos para reformar sem gastar muito

Este artigo foi produzido pela equipe do VEJA OBRA, o software de gestão de obras completo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *