Dicas para quem tem ou quer construir uma piscina

Itens como as piscinas são muito populares no Brasil por conta de nosso clima quente. Ela está presente em clubes, residências, hotéis e são muito procuradas, principalmente no versão, para momentos de lazer e diversão.

Apesar disso, as piscinas não são apenas uma construção dedicada ao lazer, mas também, para a prática de exercícios físicos. Nesse contexto, elas são – até mesmo – recomendadas para algumas terapias e tratamentos.

Por conta disso, muitas pessoas desejam ter uma piscina em casa e quem tem, precisa cuidar muito bem. Confira a seguir algumas dicas que poderão te ajudar com a manutenção de sua piscina.

Como construir e cuidar de uma boa piscina?

Antes de mais nada, tanto quem vai construir como para quem quer reformar ou fazer a manutenção de uma piscina, o ideal é saber sobre os modelos de piscina.

Isso porque existem muitos tamanhos, formatos e até materiais com os quais podem ser construídas as piscinas.

Para se ter uma ideia, existe piscina redonda, quadrada, com diferentes formatos, cores, estilos e são feitas de materiais diferentes.

O modelo mais almejado, por exemplo, é a piscina de alvenaria. Esse é aquele tipo de piscina construída e geralmente revestida de azulejos.

Existem diversos equipamentos para piscina de alvenaria disponíveis no mercado, como:

  • Drenos e grades;
  • Tampa FSB;
  • Cascatas;
  • Corrimão em inox;
  • Filtro para piscina;
  • Coberturas.

Além desses acessórios, o consumidor pode encontrar diversos outros, tudo para tornar a construção ou manutenção de piscinas de alvenaria muito mais eficaz.

Aliás, o filtro é um item muito importante que deve estar presente em qualquer tipo de piscina, além dele, outros produtos para o tratamento da água também devem ser priorizados. Isso porque cuidar da água das piscinas é fundamental para conservá-la limpa, como para preservar a saúde de quem frequenta o ambiente.

A água bem cuidada evita o surgimento de transtornos como algas, por exemplo, além de evitar a proliferação de insetos.

Uma das maneiras mais eficazes desse cuidado é, além de produtos como o cloro, tampar a piscina sempre que ela não estiver em uso.

Para quem não quer grandes obras ou reformas, optar por outros modelos pode ser uma ótima opção. Uma piscina de fibra, por exemplo, exige obras menores e que não geram tantos transtornos.

Além disso, sua instalação é mais rápida. Apesar de toda essa praticidade, a piscina feita de fibra também precisa de manutenção e cuidados, principalmente com a água, para que esteja sempre apta ao uso.

A piscina de vinil, assim como os outros modelos, também possui itens que melhoram sua utilização e a qualidade da água, como no caso dos aquecedores.

O aquecedor de piscina de vinil não é um produto que exige grandes investimentos e possibilita a utilização em qualquer época do ano, mesmo nas mais frias.

O funcionamento do aquecedor pode ser a gás, elétrico, solar ou por trocadores de calor. Optar por um aquecedor solar, por exemplo, é uma excelente maneira de ter uma piscina aquecida sem gastar com energia elétrica, além de ser ecologicamente mais correto.

Complementando a área de lazer

Se o que você procura, no entanto, é incrementar esta área de lazer e torná-la ainda mais aconchegante, elegante e confortável, o deck de piscinas residenciais é uma excelente opção.

Os decks podem ser feitos de madeira, o que é mais comum, ou de materiais mais modernos e ecologicamente corretos, como o PVC.

Os decks de madeira são mais comuns e mais utilizados pois apresentam uma vantagem que nenhum outro apresenta: a melhoria da sensação térmica na área da piscina.

Esse tipo de deck faz com que as temperaturas elevadas não afetem tanto quem está ao redor da área, porque torna a temperatura mais branda.

Já os decks de PVC, apesar de não equilibrarem tanto o clima ao redor das piscinas, são ecologicamente corretos porque não fazem uso da madeira natural.

No entanto, independentemente do tipo de deck escolhido, ambos apresentam uma vantagem em comum: são muito práticos de montar e podem ter vários tamanhos. Mais ainda, tornam a área mais segura para crianças, pets ou pessoas com mobilidade reduzida por não serem materiais escorregadios.

As piscinas são locais muito populares e muito frequentados no Brasil. Quem tem uma piscina em casa nunca mais consegue viver sem, pois ela faz toda a diferença. Além disso, é um item que valoriza muito o imóvel.

Deste modo, o ideal é cuidar bem, para que estejam sempre com águas limpas e saudáveis, o que garante a diversão dos frequentadores. Seguindo essas dicas, vai ficar muito mais fácil construir, reformar, incrementar ou cuidar da sua piscina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *