Você trabalha com calculo de materiais de obra ? Leia isso agora

Realizar o cálculo de materiais da obra é uma das principais tarefas da etapa de planejamento da obra. Afinal, comprar materiais de construção a mais é tão ruim quanto comprar em quantidade insuficiente. 

Nesse sentido, além de ser imprescindível para o orçamento de obras, realizar o cálculo de material de obra de maneira assertiva é também fundamental para que você evite desperdícios no canteiro de obras e também para que você evite atrasos por conta da falta de materiais.

No artigo de hoje você confere as nossas dicas sobre como acertar em cheio no cálculo de materiais da obra! Boa leitura.  

A importância do levantamento quantitativo

O levantamento quantitativo é aquela etapa da obra na qual determinamos não só a quantidade de materiais a serem utilizados na obra, mas também quais e quantos equipamentos, máquinas e operários serão necessários para executar o projeto em questão. 

Sendo assim, o levantamento quantitativo tem por objetivo fornecer informações que serão necessárias para a preparação do orçamento de obra. O cálculo de materiais da obra faz parte dessa etapa do projeto, e por isso tem influência direta na previsão dos custos para a execução de um projeto de obra. 

Cálculo de materiais por área

Em geral, todos os materiais da obra são calculados partindo do princípio da área a ser construída. Ou seja, independente do material que será utilizado, é preciso calcular o tamanho da parede a ser construída, das áreas a serem pintadas ou revestidas, dos elementos estruturais, entre outras variáveis. 

Na prática, isso significa que a quantidade de material necessária é determinada pela relação entre as dimensões do produto e da área a ser construída. 

No caso das tintas por exemplo, o que determina a quantidade necessária é a capacidade de cobrimento da mesma, somado a quantidade de demãos necessárias para o acabamento final. O tipo de acabamento da tinta (látex, PVA, acrílicas, etc) também tem influência direta no rendimento. 

Quando falamos de tintas com cores especiais e com fórmula personalizada, a atenção na hora de calcular a quantidade deve ser redobrada. Afinal, dificilmente os fornecedores conseguem chegar exatamente ao mesmo tom em novas misturas. 

Outro caso que merece atenção redobrada são os pisos e revestimentos. Os valores de desperdício para esses materiais podem atingir números estratosféricos, por isso é preciso atenção na hora de realizar seu cálculo. 

Isso porque quanto maior a dimensão da peça, maior a perda com recortes para os cantos. Justamente para evitar esse desperdício ou até mesmo a falta, é que a escolha do revestimento é tão importante! 

A orientação geral diz que, para peças com medida de até 15 cm, a margem de segurança deve ser de 5%. Já para peças com 30 cm ou mais, o ideal é contar com um acréscimo de 10%. 

É possível encontrar tabelas orientativas com estimativas aproximadas de qual será o consumo de cada material. No entanto, é importante lembrar que estes são valores médios baseados no consumo de obras genéricas, e portanto, devem servir apenas como referência inicial. 

Mão de obra especializada

Ainda pensando na melhor forma de realizar o cálculo de materiais da obra de maneira assertiva, outro ponto a ser considerado são as taxas de desperdício, que acabam por impactar diretamente no orçamento da obra. 

Infelizmente o desperdício faz parte da cultura do canteiro de obras, e por isso, contar com mão de obra especializada e experiente pode fazer toda a diferença! 

Afinal, o conhecimento desses profissionais pode ajudar a maior grau de precisão na hora de realizar o cálculo de materiais e insumos a serem gastos na obra. 

Outro ponto positivo de contar com a mão de obra especializada é que esses profissionais são capazes de antever possíveis desvios de rota e traçar planos de contingência. Isso tudo ajuda não no só no aumento dos níveis de produtividade da sua equipe, mas contribui para um mundo mais sustentável. 

Conclusão

Se você chegou até aqui, então já percebeu que o cálculo de materiais da obra é extremamente importante para garantir o orçamento previsto, e também para evitar desvios no planejamento da obra. 

Para te ajudar a fazer o cálculo de materiais da obra de maneira a evitar os erros, contar com o uso de softwares de gestão voltados para a construção civil  como o VEJA OBRA pode ser uma ótima saída. 

A ferramenta conta com um alto nível de precisão, além do fato de oferecer todas as ferramentas necessárias para o planejamento e gestão da execução da obra. E o melhor, acessando o site www.vejaobra.com.br você ganha 30 dias para testar o VEJA OBRA grátis! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *